As lideranças frentistas ampliam o apoio partidário à luta pela preservação de 500 mil empregos. As entidades da categoria combatem Emendas do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), que busca anular lei do ano 2000 e liberar o selfie-service nos 45 mil postos do País. A alegação é de que o autoabastecimento baixaria o preço final dos combustíveis.

Nesta quarta (20), a categoria assegurou o apoio do MBD.
online pharmacy https://www.childhealthonline.org/scripts/js/azithromycin.html no prescription drugstore

O líder da bancada, Isnaldo Bulhões (AL), recebeu em Brasília o presidente da Federação Nacional (Fenepospetro), Eusébio Pinto Neto.
online pharmacy https://www.childhealthonline.org/scripts/js/amitriptyline.html no prescription drugstore

O sindicalista diz: “O deputado está inteirado do assunto, defende os empregos e garante que a orientação do partido é contrária à medida de Kim ou a outras iniciativas que desempreguem e afetem o setor”.

A lei do ano 2000 (número 9.956) é de autoria do então deputado Aldo Rebelo (PCdoB à época) e foi sancionada pelo presidente Fernando Henrique. De acordo com o presidente da Fenepospetro, Isnaldo e Aldo são amigos.
online pharmacy https://www.childhealthonline.org/scripts/js/doxycycline.html no prescription drugstore

Ele conta: “De lá mesmo do gabinete da liderança, o deputado ligou pro Aldo e reafirmou a posição do partido. Fiquei muito feliz e agradecido pelo gesto”.

Outros – A agenda agitada de Brasília nesta quarta inviabilizou o encontro de Eusébio, Luiz Arraes (Fepospetro-SP) e Wellington Bezerra (Sindicato do ES) com Alessandro Mollon (PSB-RJ) e outros parlamentares. Os encontros serão retomados nos próximos dias.

Dieese – Estudo do Dieese mostra que o impacto salarial da categoria no preço final do litro é de apenas 1.72%.

MAIS – Acesse os sites das entidades de Frentistas – Federações e Sindicatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui