O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque, em Santa Catarina, aprovou em assembleia com a categoria a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2022/2023. Pelo acordo com o patronal, ficou definido reajuste salarial de 12,85%.

O valor corresponde a 12,47% de reposição das perdas causadas pela inflação nos últimos 12 meses, mais 0,38% de aumento real. Desta forma, o Piso da categoria passou de R$1.504,70 para R$1.788,33.

“Temos acompanhado a perda do poder de compra do brasileiro, devido às dificuldades da economia brasileira, diante de uma inflação cada vez maior. Por isso é tão importante a nossa Convenção Coletiva”, analisa Eduardo de Souza, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Brusque.

Para ele, o documento é essencial também pelos benefícios sociais que garante à categoria. Eduardo conta: “Não é só reajuste salarial e do Piso. A Convenção assegura aos nossos associados acesso à saúde de qualidade, por meio da Sintimmmeb Saúde, garantias trabalhistas, assistência jurídica e odontológica, entre outras vantagens”.

MAIS – Acesse o site do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui