No próximo sábado, 16, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região (SP) fará assembleia com os trabalhadores para dar início à campanha salarial deste ano. A categoria está unida por aumento real, ampliação de direitos e estabilidade no emprego.

Na ocasião, os trabalhadores irão decidir qual o índice de reajuste que será reivindicado junto ao setor patronal, além de reforçar a luta pela manutenção de cláusulas sociais na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

“O lema da campanha salarial 2022 reflete a essência dessa mobilização. ‘Na luta, construir um Brasil dos trabalhadores!’ é mais que uma necessidade. É essencial. Estaremos ao lado dos metalúrgicos em mais essa batalha, rumo à vitória”, afirma Valmir Mariano, presidente em exercício do Sindicato.

O Sindicato reforça que as Convenções e Acordos Coletivos é o que garantem direitos para o trabalhador, superiores ao previsto na CLT. Dois direitos indispensáveis são a estabilidade para empregados lesionados e licença remunerada para vítimas de violência doméstica.

Mobilização – Com o recente veto do Supremo Tribunal Federal (STF), em maio, sobre a ultratividade das normas pactuadas em Acordos e Convenções, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José ressalta a importância da mobilização.

Em Nota, a entidade informa: “Com essa decisão, os direitos conquistados pelos trabalhadores só têm validade por, no máximo, dois anos. E passam a ser cancelados até que um novo acordo seja assinado. A mobilização, portanto, é indispensável”.

Assembleia – Os Metalúrgicos de São José se reúnem neste sábado, 16, a partir das 9 horas, na sede do Sindicato, que fica na Rua Marício Diamante, 75, Centro, São José dos Campos.

MAIS – Acesse o site do Sindicato.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui