19.8 C
São Paulo
sábado, 22/06/2024

Negociação no Ensino Superior entra em fase crítica

Data:

Compartilhe:

A Comissão de Negociação, representada pela Federação dos Professores do Estado de SP (Fepesp), voltou se reuniu nesta quarta, dia 26, com o Semesp (Sindicato das Instituições de Ensino Superior).

No encontro foi debatida a proposta da Federação que visa dar fim ao impasse da Campanha Salarial de 2023 dos professores e pessoal administrativo do setor.

Segundo Celso Napolitano, presidente da Fepesp e do SinproSP, o documento contém de nove pontos que contemplam as reivindicações aprovadas em assembleias dos trabalhadores.

O professor denuncia que o patronal insiste em ignorar a sentença do TRT, que deu ganho de causa no julgamento do dissídio de greve de 2022. A sentença determina reajuste salarial de 10,73%, a partir de fevereiro de 2022.

Entre outros pontos, o documento propõe o cumprimento da sentença do Tribunal Regional do Trabalho (TRT); salário de março de 2023 resultante da majoração do valor devido em fevereiro de 2022 em 17,53%; negociação para implementação gradativa de piso salarial, com vigência a partir de março de 2024.; negociação para regulamentação de aulas de disciplinas.

A Fepesp aguarda agora o retorno oficial das mantenedoras. Nesta quinta, a entidade  reúne seu Conselho de Entidades Sindicais para avaliar a resposta patronal.

Agenda – No dia 4 de maio, haverá nova reunião de negociação.

MAIS – Acesse o site da Fepesp e do SinproSP.

 

Conteúdo Relacionado

Avançam as negociações pró-custeio sindical

Centrais, Confederações e outras entidades, com apoio das assessorias, articulam em Brasília um modelo estável de custeio sindical.Para André Santos, originário do Diap e...

Sindicato dos Metalúrgicos negocia e mais 400 recebem PLR

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região conduziu, entre segunda (17) e terça, dia 18, mais duas assembleias de Participação nos Lucros e/ou...

Greve na Renault conquista R$ 25 mil de PLR

A forte greve na Renault/Horse, em São José dos Pinhais, PR, terminou com avanços. Após o fim da movimento, de um mês, a empresa decidiu...

Comerciários aumentam serviço médico

O Sindicato dos Comerciários de Guarulhos aumentou as parcerias médicas. Agora, além de tratamento odontológico, sócios e dependentes dispõem de consulta gratuita com cardiologista...

Centrais e Lula clamam pela queda dos juros

As Centrais Sindicais protestaram na terça (18) em frente ao Banco Central, em SP, reivindicando a continuidade da queda nas taxas de juros -...