Picanha de Bolsonaro vale 12 Emergenciais

0
1312
Picanha de Bolsonaro vale 12 Emergenciais

No Dia das Mães, o presidente Jair Bolsonaro fez churrasco. Até aí, tudo certo. O problema é a picanha. A picanha utilizada custa R$ 1.799,99 o quilo, pois vem do gado japonês Wagyu.

A Folha de S.Paulo da terça (18), em texto do jornalista Marcos Nogueira, informa que o valor do quilo da picanha equivale a 12 vezes o Auxílio Emergencial que o governo federal paga aos pobres. O Auxílio era de R$ 600,00, mas foi baixado por Bolsonaro pra R$ 150,00.

O atrativo da picanha Waguy estaria no marmoreiro – “presença de gordura entremeada na fibra muscular, fator determinante para sabor e maciez”, explica a Folha.

Os zelos com a raça (gyu é gado; wa, significa do Japão) são requintados. Diz um produtor rural ao jornal: “No último terço da prenhez, a vaca recebe suplemento de reação para que o filhote tenha predisposição ao marmoreiro”.

Salário mínimo –
O mesmo Bolsonaro fixou em R$ 1.045,00 o salário mínimo. Portanto, pra comprar um quilo dessa picanha o trabalhador que ganha mínimo teria que trabalhar 51 dias e mais algumas horas.

Mais – Acesse www.folha.uol.com.br

Matéria publicada na Folha de S.Paulo desta terça (18)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui