22.1 C
São Paulo
sábado, 18/05/2024

Químicos da Força definem pré-pauta da Campanha Salarial

Data:

Compartilhe:

Nas próximas semanas, os Sindicatos filiados à Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (FEQUIMFAR) realizarão assembleias em todo o Estado de São Paulo para apresentar e aprovar a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2023.

Os itens da pré-pauta foram definidos em Seminário de Negociação Coletiva entre 8 e 10 de agosto.

Entre as reivindicações estão aumento real, manutenção de direitos e cláusulas novas. “Nós analisamos item por item da Convenção atual. Houve bastante participação dos sindicatos, o que ajuda na mobilização para luta,” explica Sergio Leite, presidente da FEQUIMFAR.

Veja o que está na pré-pauta de reivindicações:

• Reajuste Salarial: Aumento Real de 2% + reposição inflação 4,88% (INPC).

• Piso salarial no valor de R$ 2.250,00 – Valor atual: R$ 1.977,36 (Empresas com até 49 empregados); R$ 2.028,32 (Empresas com mais de 49 empregados).

• PLR no valor de dois Pisos salariais (R$ 4.500) – Valor atual: R$ 1.149,77 (empresas com até 49 trabalhadores); R$ 1.277,52 (empresas com mais de 49 trabalhadores).

• Piso para técnico-químico: R$ 3.000,00 – Cláusula nova*.

• Redução da jornada: para menos de 40h semanais (para todas as empresas).

• Cartão alimentação, com valor mínimo de R$ 250,00 – Cláusula nova*.

• Igualdade salarial entre mulheres e homens (Lei 14.611 de 2023) – Cláusula nova*.

O cumprimento da Lei de igualdade salarial é um dos destaques apontados por Serginho. Ele argumenta: “Se o movimento sindical não brigar e vigiar as empresas, a regra não vai para a frente”.

No Estado de São Paulo, os sindicatos do setor químico representam cerca de 130 mil trabalhadores. A data-base da categoria é 1º de novembro.

Segundo Sergio, a expectativa é muito boa para a negociação. “O segmento está ‘para cima’, com as empresas contratando. A luta é para manter as conquistas e avançar nas cláusulas econômicas”, resume.

Etapas – Os Sindicatos têm até 11 de setembro para realizar as assembleias com os trabalhadores. Dia 12 haverá assembleia geral. Após aprovação da categoria, a pauta será entregue ao setor patronal.

MAISAcesse o site da FEQUIMFAR.

Conteúdo Relacionado

Futebol dos Metalúrgicos volta domingo e arrecada para o Rio Grande do Sul

Ganha reforço neste domingo (19) a campanha do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região em prol das vítimas das enchentes do Sul. A...

Cartilha do MPT lista os atos antissindicais

O Ministério Público do Trabalho publicou a cartilha "Atos Antissindicais. O que fazer?". Documento idealizado pela Conalis - Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade...

Centrais farão Plenária

Quarta, 22, as Centrais Sindicais realizarão plenária em Brasília. A parte da manhã será dedicada a debater a Pauta Unitária aprovada na Conclat 2022,...

O Sul precisa de ajuda, diz líder frentista

O Sindicato dos Frentistas do Rio Grande do Sul fica no Centro de Porto Alegre, Capital. Na quarta, 15, às 11h50, a água ainda...

Sinpro Campinas completa 83 anos

quarta, dia 15, o Sinpro Campinas completou 83 anos. Integrante da Federação (Fepesp), a entidade representa o professorado da rede privada, além do Sistema...