Repúdio às Demissões na Casas Bahia – Luiz Carlos Motta

0
161

No cenário econômico atual, as notícias sobre demissões em massa têm causado grande preocupação, e o anúncio de que aproximadamente seis mil funcionários da Casas Bahia estão ameaçados por um plano de demissão não é exceção. Manifesto meu veemente repúdio a essa medida que afeta não apenas a economia, mas também a vida de milhares de famílias brasileiras.

O fechamento de 100 lojas da renomada rede varejista é uma decisão que não pode ser tomada levianamente, ignorando as consequências sociais que acarreta. É preciso lembrar que por trás dessas estatísticas estão trabalhadores e suas famílias, cujos meios de sustento e bem-estar estão ameaçados.

Diante dessa situação, é meu dever e compromisso lutar pela proteção dos empregos e direitos dos trabalhadores. Acredito firmemente que o diálogo é a base para soluções eficazes e justas. Mobilizarei a base sindical comerciária para abrir uma frente de negociações com a empresa, buscando alternativas que evitem demissões em larga escala.

Alternativas

Acredito que a conversa prévia com os Sindicatos é essencial em casos como esse. Demissões em massa não podem ser simplesmente impostas sem considerar as implicações para os trabalhadores e para a comunidade em geral. É vital buscar alternativas que preservem os empregos e, por consequência, a dignidade das famílias afetadas.

Destaco ainda que faço parte ativamente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o rombo milionário na Lojas Americanas. Estamos empenhados em garantir que a empresa assuma suas responsabilidades e que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados. Além disso, todas as ações estão sendo tomadas para manter os empregos de aproximadamente 40 mil trabalhadores que fazem parte dessa grande rede varejista.

A proteção dos direitos econômicos e sociais dos trabalhadores é minha missão e compromisso. Sob minha liderança, o movimento sindical comerciário tem se destacado na promoção de condições justas de trabalho e na defesa dos interesses dos trabalhadores do comércio, serviços e turismo. Nosso objetivo é fortalecer as relações entre capital e trabalho, buscando sempre o equilíbrio e a justiça.

Compromisso

Nesse contexto, coloco-me à disposição para buscar soluções que minimizem os impactos das demissões na Casas Bahia e garantam um futuro mais seguro para as famílias afetadas. Minhas ações políticas e sindicais refletem o compromisso incansável pela manutenção das condições de vida e de trabalho dos comerciários, especialmente diante de desafios tão significativos como o atual.

Minha trajetória é marcada pelo compromisso com os direitos sociais, trabalhistas e dos aposentados. No Parlamento, busco incessantemente a defesa dos trabalhadores do comércio, serviços e turismo. Minha atuação na Câmara dos Deputados e na liderança sindical reflete a dedicação em busca de um Brasil mais justo e inclusivo para todos os cidadãos.

Luiz Carlos Motta é presidente da Fecomerciários e da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC). É Deputado Federal (PL/SP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui