26.2 C
São Paulo
quarta-feira, 12/06/2024

Resoluções da CUT indicam quais as tarefas

Data:

Compartilhe:

A Executiva Nacional da CUT se reuniu em São Paulo dia 11 pra analisar o resultado eleitoral e discutir estratégias para “o aprofundamento da democracia e a reconstrução do País a partir de uma proposta de desenvolvimento sustentável com inclusão social e distribuição de renda”.

online pharmacy buy synthroid no prescription pharmacy

Os dirigentes exaltam o papel da militância cutista para a vitória de Lula (PT) indicam a próxima tarefa, que é fazer uma grande festa na posse, no dia 1º de janeiro.

A resolução cobra punição dos extremistas antidemocráticos, dos crimes praticados pelo governo e o fim do sigilo de 100 anos que Bolsonaro impôs a pelo menos 65 casos, incluindo os gastos com o cartão corporativo, que explodiram no periodo eleitoral e não se sabe no que o dinheiro público foi gasto.

Íntegra da resolução:

Lula é presidente de novo com a força do povo! A vitória no 2º turno, com mais de 60 milhões de votos, fez de Lula o presidente a receber o maior número de votos na história do Brasil. O resultado foi prontamente reconhecido pelo Legislativo e Judiciário, observadores nacionais e internacionais atestando a eficiência dos sistema de votação eletrônica brasileiro.

As multidões que comemoraram nas ruas o resultado que deu um terceiro mandato ao Lula dão a dimensão histórica de uma vitória popular com repercussão global. A ampla cobertura da imprensa internacional e a rápida manifestação de dezenas de líderes de outras Nações demonstram a importância da eleição de Lula para a preservação da democracia e a expectativa de que o Brasil se destaque nas relações internacionais.

A vitória de Lula é a derrota de um grande esquema de corrupção, uso da máquina pública, desinformação e compra de votos. É a vitória sobre as mentiras, o assédio eleitoral de patrões contra trabalhadores, sobre a manipulação da fé para fins políticos e eleitorais e sobre o aparelhamento do Estado, em especial de forças de segurança pública, ao arrepio da lei e das determinações judiciais.

A militância cutista desempenhou um papel fundamental nessa vitória, organizando e participando ativamente de todas as atividades de mobilização e de diálogo com o povo para votar no candidato comprometido com a democracia e os interesses da classe trabalhadora.

Passada as comemorações é o momento de manter a mobilização e fazer da posse uma grande manifestação popular, uma festa da democracia e ponto de partida de uma jornada pela recuperação dos direitos, mais democracia, a reconstrução do país a partir de uma proposta de desenvolvimento sustentável com inclusão social e distribuição de renda.

Aqueles que atentaram contra a democracia e o processo eleitoral devem ser responsabilizados. As forças armadas, responsáveis pela política de Defesa Nacional, deverão abdicar da interferência na vida política, assim como as forças auxiliares da segurança pública devem limitar-se suas competências e subordinação institucional, assim como nos posicionamos favoráveis À retomada da política de desarmamento.

A CUT tem a democracia e a independência entre seus princípios. Cobraremos a investigação e a punição dos responsáveis por todos os crimes cometidos à frente do Executivo e denunciaremos o processo de destruição do Estado e das políticas públicas legado por este governo.

A CUT tem um papel fundamental a desempenhar na reconstrução do Brasil, a partir da organização e mobilização dos trabalhadores para uma política robusta de renda básica, a retomada da valorização do salário mínimo, a revisão da tabela do imposto de renda e o resgate de direitos que foram retirados desde 2016 e superação da fome no país.

Lutamos por liberdade e autonomia a classe trabalhadora e por isso propomos uma necessária reorganização sindical.

online pharmacy buy symbicort no prescription pharmacy

A Reforma Administrativa (PEC 32) e as privatizações, assim como o teto de gastos (EC 95) e o orçamento secreto precisam ser superados em favor de uma política de participação popular, fortalecimento do Estado e inclusão social com o fortalecimento do SUS e da educação pública.

Os desafios são imensos, frente ao desmonte que promovido, mas também temos a certeza da nossa capacidade para mobilizar, dialogar, convencer e lutar para que sejam superados. Já provamos que podemos fazer e vamos novamente mostrar que estamos à altura desses desafios.

online pharmacy buy albuterol no prescription pharmacy

São Paulo, 11 de novembro de 2022.
Direção Executiva Nacional da CUT

Conteúdo Relacionado

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...

Acontece hoje o Arraiá dos Metalúrgicos de Guarulhos

O Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região (Parque Primavera, Guarulhos) será palco de uma grande festa junina neste sábado,...
Artigo anterior
Próximo artigo