Começaram terça e terminam quinta (12) as eleições no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes. Apenas uma chapa participa – “A Luta Faz a Lei” – encabeçada pelo atual presidente, Miguel Torres.

O plano de trabalho se baseia nas lutas por emprego, renda, trabalho decente, qualificação profissional, industrialização, mais direitos, saúde do trabalhador, fortalecimento da Campanha Salarial e da Convenção Coletiva, além de melhorias nos bairros onde vivem as famílias metalúrgicas.

Miguel afirma: “O momento exige muita união, consciência de classe e luta pra defender a categoria metalúrgica, a classe trabalhadora em geral, o povo e as camadas sociais menos favorecidas”.

Propostas – A Chapa 1 também defende a continuidade das ações contra a Covid-19 nos locais de trabalho e no transporte público, o retorno do Auxílio Emergencial de R$ 600,00 e a retomada do desenvolvimento nacional.

Apoio – Diversos Sindicatos auxiliam no pleito e coleta de votos, como os Metalúrgicos de Guarulhos. Seu presidente, José Pereira dos Santos, afirma: “A unidade metalúrgica precisa ser cada vez mais forte, para o bem da categoria e de toda a classe trabalhadora”.

MAIS – Acesse o site dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui