SindForte faz assembleias e acaba com acordos de banco de horas

0
1913

O SindForte (Sindicato dos Trabalhadores de Carro-Forte, Guarda, Transporte de Valores, Escolta Armada do Estado de São Paulo) realizou assembleias para aprovar o fim dos acordos de banco de horas.

Os acordos foram firmados em condições extraordinárias, por força da Medida Provisória 936. Desde sua fundação, em fevereiro de 1992, o SindForte não aceita banco de horas. Para a entidade, todo trabalho feito tem que ser remunerado.
online pharmacy https://www.arborvita.com/wp-content/themes/spacious/inc/new/albuterol.html no prescription drugstore

Razões –  João Passos presidente do Sindicato, explica: “Quando veio a pandemia do novo Coronavírus, o governo federal editou a MP 936, que permitia alterar contratos, a fim de preservar empregos. Sendo assim, fechamos acordos em caráter provisório”.

Com a retomada plena das atividades do setor, esse tipo de acordo perdeu razão de existir.
online pharmacy https://www.arborvita.com/wp-content/themes/spacious/inc/new/lexapro.html no prescription drugstore

João completa: “Os acordos atender uma pressão de momento, criada pela pandemia. Mas agora eles não são mais necessários.
online pharmacy https://www.arborvita.com/wp-content/themes/spacious/inc/new/antabuse.html no prescription drugstore

Se o trabalhador fizer hora extra, a empresa tem que pagar com os devidos adicionais”.

Mais – Acesse o site do SindForte.