O Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (Sindnapi) fez uma doação de 4,7 toneladas de alimentos para a Campanha Contra Fome, organizada em parceria entre Força Sindical, Sindicato dos Metalúrgicos de SP e Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM).

Os alimentos doados formam cestas básicas. De acordo com o presidente do Sindnapi, João Inocentini, essa é uma forma de contribuir com as famílias mais necessitadas neste momento de pandemia. “Mais de 20 milhões de brasileiros deixaram de ter comida. Os alimentos ajudarão neste momento para que os mais vulneráveis não passem fome”, explica o dirigente.

A campanha foi lançada em 7 de abril. Segundo a Central, milhares de toneladas de alimentos já foram arrecadados.

Miguel Torres, presidente da Força, conta que o sindicalismo atua para minimizar os impactos gerados pelas crises econômica, sanitária e social. “Enquanto o governo não providencia uma renda suficiente pra que as pessoas supram suas necessidades básicas, seguimos com a campanha, porque fome não dá pra esperar”, reforça Miguel.

Diretor dos Aposentados, Milton Cavalo avalia de forma positiva a iniciativa das entidades na união para combater a fome. “O movimento sindical brasileiro demonstra que, com solidariedade, podemos transformar ou atenuar os trágicos impactos da pandemia”, conclui.

Doações – Quem puder contribuir para a Campanha Contra a Fome, poderá se encaminhar à sede do Sindicato dos Metalúrgicos de SP, na Rua Galvão Bueno, 782, Liberdade. Telefone 3388.1073.

MAIS – Sites do Sindnapi e da Força Sindical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui