19 C
São Paulo
quinta-feira, 13/06/2024

Sintect-SP pressiona e ECT devolve descontos indevidos pra categoria

Data:

Compartilhe:

O Sintect-SP pressionou e a Empresa Brasileira de Correios (ECT) se comprometeu a devolver ainda em janeiro os valores descontados indevidamente do salário trabalhadores em dezembro. A denúncia de irregularidade na folha de pagamento foi feita em ofício assinado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos de SP (Sintect) e pela Federação Interestadual dos Sindicatos dos Correios (Findect).

Segundo o Sintect-SP, o mês de dezembro foi catastrófico para inúmeros trabalhadores dos Correios. “Isso contribuiu para isso a coleção de erros bizarros cometidos pelo setor responsável pela folha de pagamento da categoria. Foram muitos os descontos indevidos que recaíram sobre os salários e adicionais de função de 30% e de 15% do trabalho aos sábados, e repercutiram no 13º salário”, afirma Elias Cesário, o Diviza, presidente do Sintect-SP e vice da Federação.

Segundo ele, o Sindicato questionou a direção da empresa e exigiu reparação imediata dos danos e prejuízos provocados aos trabalhadores. “Orientamos os trabalhadores a conferirem os valores devolvidos e comunicarem o Sindicato em caso de não devolução ou de discordância com os valores depositados pela empresa”, ele aconselha.

Negociação Permanente – Outra boa notícia para a categoria, é a retomada da Comissão de Negociação. O objetivo, segundo o presidente do Sindicato, “é promover o diálogo entre os representantes sindicais e da empresa na busca incessante de reaver todas as cláusulas roubadas pelo antigo governo de Bolsonaro, explica o dirigente”.

“A direção dos Correios informou que será criado um Grupo de Trabalho para elaborar estudos sobre um modelo de atuação de um novo Comitê de Anistia para reavaliar os processos de demissão instaurados nos últimos anos. Pouco a pouco, temos ampliado o diálogo junto à direção dos Correios para avançar e trazer notícias boas para a categoria”, assegura Diviza.

MAIS – Acesse os sites do Sintect-SP e Findect.

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...