23.4 C
São Paulo
sábado, 15/06/2024

Sinthoresp obtém 16% de reajuste salarial

Data:

Compartilhe:

Assembleia dos trabalhadores em bares restaurantes e similares aprovou 16% de reajuste salarial. O avanço é fruto da negociação entre Sinthoresp e Sindresbar, que representa as empresas de São Paulo e região.

O reajuste cobre a inflação acumulada nos últimos dois anos. O segmento foi muito afetado pela pandemia da Covid-19, que levou ao fechamento de estabelecimentos, concessão de férias coletivas e demissões.

Os 16% vão ser parcelados, nas seguintes datas:

. 1º/7/2023: correção de 8% no salário.

. 1º/10/2023: mais 4% sobre o salário de julho.

. 1º/5/2024: mais 4% sobre o salário de outubro.

Há cerca de 300 mil trabalhadores na base do Sinthoresp. A Convenção Coletiva vigora de julho de 2023 a junho de 2025.

Elisabete Cordeiro, vice da entidade e presidente da Comissão de Negociação, diz: “Nossa categoria precisa colocar comida na mesa e recuperar o poder de compra. Por isso, não desistimos até chegar a esse percentual e assegurar cláusulas benéficas aos trabalhadores”.

Próxima – A negociação estabelece que, em julho próximo, os trabalhadores terão garantido o reajuste dos salários de maio de 2024. O índice será INPC entre julho de 2023 e junho de 2024.

A Comissão segue atuante pra negociar a Convenção de hotéis e similares. Diz Elisabete: “Importante a base nos ajudar a pressionar o patronato pra que conquistemos condições justas a todos os segmentos representados.”

MAISClique aqui e veja a CCT de bares restaurantes e similares.

Acesse o site do Sindicato

Conteúdo Relacionado

Cesta básica sobe, mostra o Dieese

Pesquisa mensal do Dieese apura que em maio o valor do conjunto de alimentos básicos aumentou em 11 das 17 Capitais. A Pesquisa Nacional...

Sindicato de Niterói firma aditivo com avanços

Mais uma vitória para uma grande parcela de frentistas no Estado do Rio de Janeiro. Desta vez, de Araruama, Cachoeira de Macacu, Guapimirim, Iguaba...

Miguel da Força defende democracia e inclusão

Na quarta (12), Miguel Torres falou em nome do sindicalismo nacional e da classe trabalhadora na Conferência da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra,...

CUT debate os impactos dos parques eólicos para a classe trabalhadora

A CUT debateu nesta terça-feira (11) e quarta-feira (12) em Natal, no Rio Grande do Norte, os impactos dos parques eólicos nas comunidades locais,...

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA

O Sindicato dos Químicos de Rio Claro e Região, em parceria com o DIESAT e com o apoio da FEQUIMFAR, realiza entre os dias 10...