18.1 C
São Paulo
sexta-feira, 14/06/2024

Valor do Auxílio Emergencial não pode ser sacado no banco. Saiba como receber

Data:

Compartilhe:

Até o momento, mais de 26 milhões de pessoas já se cadastraram no programa da Caixa Econômica Federal para receber o Auxílio Emergencial de R$ 600, que pode chegar a R$ 1.200 para mães que são chefes de família.

De acordo com o governo, não é preciso se cadastrar caso esteja no CadÚnico (Cadastro Único) ou no programa Bolsa Família. Quem já está incluso nesses programas receberá a verba automaticamente, caso o valor do auxílio seja maior que o benefício assistencial.

O pagamento será feito em três etapas, sendo duas em abril e uma em maio. Quem já é inscrito no CadÚnico, não recebe o Bolsa Família e tem conta-poupança na Caixa ou conta no Banco do Brasil, já começa a receber o dinheiro nesta quinta (9), direto em sua conta indicada no momento do preenchimento de dados.

Quem deseja sacar o dinheiro, deverá aguardar. Neste primeiro momento, o governo informa que serão feitas transferências bancárias e pede para que os beneficiários fiquem atentos ao calendário que será divulgado ainda nesta semana e terá a data que será possível sacar na boca do caixa.

Fonte: Agora SP.

Conteúdo Relacionado

Trabalhadores da Eletrobras deflagram greve por tempo indeterminado

80% do quadro adere à paralisação e dá remédio amargo aos patrões que não quiseram negociarOs trabalhadores do grupo Eletrobras estão de braços cruzados...

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, diz Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...