19.1 C
São Paulo
segunda-feira, 24/06/2024

Aposentados querem juro menor no consignado

Data:

Compartilhe:

Aposentados participam de reunião do Conselho Nacional da Previdência Social, segunda (13), em Brasília. Eles pedem redução nos juros do Crédito Consignado.

Para os sindicalistas, as atuais taxas são “verdadeira extorsão”, visto que esta modalidade de crédito tem risco muito baixo e amplas garantias às instituições de crédito e bancárias, o que reduz o risco de inadimplência.

À Agência Sindical, João Inocentini, presidente nacional do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos), informa que os sindicalistas vão pressionar pela queda dos juros. Ele diz: “Os bancos estão ganhando muito no consignado, que é o dinheiro mais seguro que tem. O risco é zero. A expectativa é sair uma proposta ainda esta semana”, diz.

Atualmente, a taxa de juros máxima para aposentados e pensionistas do INSS no crédito consignado está em 2,14% ao mês (29,93% ao ano); No caso de empréstimos consignados via cartão de crédito, a taxa máxima é de 3,06% ao mês (43,58% ao ano).

O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi afirma que o governo vai buscar reduzir as taxas de juros nos empréstimos consignados de aposentados e pensionistas. Ele classifica o atual patamar dos juros como “criminoso”. Ainda segundo o ministro, por se tratar de um crédito com baixo risco de inadimplência, é possível diminuir o patamar cobrado.

O Força Sindical lançou Nota defendendo a redução da essa taxa de juros. “o crédito consignado em benefícios previdenciários precisa ser fortalecido com a redução de suas taxas máximas, desonerando o público-alvo e potencializando a capacidade de consumo interno, elemento central para a retomada do dinamismo da economia brasileira em todo o País”, afirma o texto.

NotaClique aqui e leia.

Mais – Acesse o site do Sindnapi e da Força Sindical.

Conteúdo Relacionado

Avançam as negociações pró-custeio sindical

Centrais, Confederações e outras entidades, com apoio das assessorias, articulam em Brasília um modelo estável de custeio sindical.Para André Santos, originário do Diap e...

Sindicato dos Metalúrgicos negocia e mais 400 recebem PLR

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região conduziu, entre segunda (17) e terça, dia 18, mais duas assembleias de Participação nos Lucros e/ou...

Greve na Renault conquista R$ 25 mil de PLR

A forte greve na Renault/Horse, em São José dos Pinhais, PR, terminou com avanços. Após o fim da movimento, de um mês, a empresa decidiu...

Comerciários aumentam serviço médico

O Sindicato dos Comerciários de Guarulhos aumentou as parcerias médicas. Agora, além de tratamento odontológico, sócios e dependentes dispõem de consulta gratuita com cardiologista...

Centrais e Lula clamam pela queda dos juros

As Centrais Sindicais protestaram na terça (18) em frente ao Banco Central, em SP, reivindicando a continuidade da queda nas taxas de juros -...