Calendário de restituições do Imposto de Renda 2020 está mantido

0
342

Após ter adiado a data limite para entrega do Imposto de Renda para 30 de junho, a Receita Federal optou por manter o calendário de pagamento das restituições.

De acordo com o secretário especial da Receita, José Barroso Tostes Neto, essa medida se dá para assegurar o fluxo de recursos no País. Reportagem do jornal Agora SP afirma que o adiamento das restituições chegou a ser avaliado pelo órgão, mas a decisão foi mesmo de manter as datas.

Em 2020, a restituição será dividida em cinco lotes, sendo o primeiro em 29 de maio, depois 30 de junho, 31 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro. Geralmente, nos primeiros lotes, o pagamento é feito a contribuintes que são prioritários, como idosos, deficientes, pessoas com deficiências graves ou que tenham dependentes nessas condições, e profissionais do magistério.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui