CNTA quer garantias da Nestlé de Araras (SP)

0
170

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação e Afins (CNTA) se reuniu, dia 9, em assembleia com funcionários da Nestlé de Araras, Interior de São Paulo. A unidade foi recém adquirida pela multinacional francesa Lactalis.

Participaram da assembleia a Federação Latino Americana dos Trabalhadores da Nestlé, a Regional Latinoamericana da União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação (UITA), a Federação da categoria em SP (Fetiasp), e os sindicatos paulistas de Araras, Limeira, Araraquara e Campinas.

Artur Bueno de Camargo, presidente da CNTA, explica que as entidades cobram a manutenção dos direitos conquistados, diante da venda da unidade para a Lactalis.  “Queremos a manutenção dos empregos, das condições de trabalho, salários e benefícios para os funcionários da ativa e aposentados.  Além de transparência no processo de venda”, informou Artur.

Na assembleia, os trabalhadores aprovaram ofício a ser enviado a Lactallis exigindo a manutenção dos direitos e a garantia de emprego a todos os trabalhadores; instalação de programa de demissão voluntária, entre outros itens.

“Não está descartada a possibilidade de uma paralisação, caso a empresa se negue a negociar ou as reivindicações não forem atendidas por parte da Lactallis”, assegura Artur Bueno de Camargo.

Pernambuco – A Lactalis também adquiriu a unidade de Garanhuns-PE. Mas a compra está sob análise do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) do Governo Federal. O CADE é o órgão responsável por autorizar ou vetar a fusão de grandes empresas para evitar monopólio.

MAIS – Acesse o site da CNTA Afins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui