CNTA critica afastamento do presidente da Fiesp

0
221

Em Nota publicada sexta (20), a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação (CNTA Afins) e Federação da categoria no Estado de São Paulo (Fetiasp) se manifestaram contra o processo de afastamento de Josué Gomes do comando da Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. O afastamento foi votado em assembleia, segunda (16), por representantes de sindicatos associados e integrantes da diretoria da federação patronal.

“Da maneira como o ato inicial de tentativa de destituição do presidente Josué Gomes se deu, pairou dúvida sobre os motivos de tal processo. Afinal, Gomes esteve à frente do Manifesto Pela Democracia e é filho de José Alencar, vice-presidente de Lula em seus dois primeiros mandatos. Não se pode sugerir à opinião pública, diante desse cenário, que a tentativa de destituição do presidente de uma entidade como a Fiesp aconteça por retaliação política ou perseguição”, aponta o documento.

A Nota defende ainda que “os conflitos entre o capital e o trabalho sempre existiram e irão continuar existindo; os interesses permanecem inegociáveis, mas precisamos defender a nossa democracia – qualquer ameaça de ruptura democrática fará todo mundo perder e deve ser rechaçada”.

Quinta (19), a Fiesp publicou Nota reafirmando Josué Gomes como seu presidente. A Federação representa 133 Sindicatos patronais e de mais de 130 mil indústrias no Estado de São Paulo.

Mais – Acesse os sites da CNTA Afins e da Fetiasp

Mais – Acesse os sites da CNTA Afins e da Fetiasp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui