Congresso que informa e analisa

0
297

O noticiário político brasileiro é pródigo, até exagerado. Mas é confiável? A resposta você encontra em vários veículos ou colunistas. Um dos confiáveis é o site Congresso em Foco.

Sediado em Brasília, no ar desde 2004, é dirigido pelo jornalista Sylvio Costa, seu fundador. Capixaba, com atuação na Capital há 30 anos, Sylvio é Mestre em Comunicações pela Universidade de Westminster, Inglaterra. Trabalhou na Folha, IstoÉ, Correio Braziliense, Gazeta Mercantil, entre outros, como repórter, editor e chefe de reportagem. Ganhou 12 prêmios.

Histórico – Em entrevista exclusiva ao jornalista João Franzin, da Agência Sindical, Sylvio Costa fala dessa história e faz um balanço positivo do trabalho. Segundo conta, “a ideia fundadora do portal foi a cobertura mais específica e detalhada do que se passa no Congresso Nacional, de forma compreensível a não-iniciados”.

“O jornalismo político não explica muito o aspecto técnico do trâmite legislativo e nós passamos a fazer essa cobertura, até individualizada, informando os votos dos deputados, aonde encaminham suas verbas e a própria assiduidade”, comenta o fundador do Congresso em Foco.

Rádio – Além do noticiário e dos colunistas, o portal oferece farto conteúdo, como a seção Radar do Congresso, que traz registro detalhado de deputados e senadores, inclusive seus gastos. O perfil do parlamentar mostra também discursos, assiduidade, gráfico das votações (se é mais ou menos governista), oferecendo uma espécie de serviço público, franqueado.
Sylvio Costa lembra que era tabu noticiar registros criminais de políticos. Ele diz: “Fomos o primeiro veículo a publicar listas desse tipo. Também divulgamos escândalos com passagens aéreas e pagamentos acima do teto constitucional, numa espécie de crítica didática”.

Custeio – Com 20 profissionais – equipe multidisciplinar – o Congresso em Foco produz também serviços exclusivos para assinantes ou conteúdos encomendados, por clientes. “Nossa receita é irregular, problemática. Por exemplo, publicamos editorial pró-impeachment, tivemos recuos, cortes de anúncio, cancelamento de campanhas e até apoios costurados acabaram suspensos”, relata.

Saldo – De acordo com o titular do portal, a série sobre gastos da Câmara com passagens áreas ensejou o corte de despesas, gerando economia de R$ 25 milhões por ano aos sofres públicos. Sylvio conta que a expressão “supersalários”, ou seja, ganho acima do teto, foi cunhada pelo Congresso em Foco. Ele lembra: “No Legislativo, 464 estavam acima do teto. Hoje, ninguém recebe a mais. Respondemos a 50 processos e fomos absolvidos”.

Prêmios – O prestígio do portal vai muito além dos limites do Congresso Nacional. O site já recebeu inúmeros prêmios, no Festival de Cannes, com a Agência FCD Brasil, sobre o uso de robôs na eleição presidencial em 2018, o Leão de Bronze duas vezes e outros.

Site – De acesso livre, o site tem atualização permanente. Porém, serviços como análise semanal e agenda da semana são exclusivos de assinantes, com mensalidade em torno de R$ 40,00. Os colunistas abordam temática ampla.

Audiência – Desde o início, em 2004, o Congresso Em Foco ganha audiência. Hoje, perto de cinco milhões de acessos/usuários ao mês. O público é variado, mas parlamentares, assessores, jornalistas, consultores políticos, analistas políticos, gente que forma opinião, leem, acessam, compartilham e também funcionam como fonte para o portal.

MAIS  – www.congressoemfoco.uol.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui