Democracia Inabalada – Francisco Sales Gabriel Fernandes

0
68

“Democracia Inabalada. Este foi o nome do ato realizado no Congresso Nacional, em Brasília, no dia 8 de janeiro de 2024, com presenças do presidente Lula, do vice Alckmin, dos presidentes Luís Barroso do STF e Alexandre de Moraes do TSE, ministros e lideranças políticas, sindicais e sociais.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e Região aplaude a iniciativa desta celebração da democracia, que reuniu os três poderes (Executivo, Judiciário e Legislativo), para que atos golpistas como o 8 de janeiro de 2023 não ocorram nunca mais em nosso País.

Há exatamente um ano, vale lembrar, um bando de gente insana invadiu a Praça dos Três Poderes para destruir o Palácio do Planalto, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal, fazendo um estrago enorme nos prédios, no mobiliário, nas obras de arte e nos objetos históricos, enfim, no nosso patrimônio público. Foi uma tristeza, uma vergonha mundial!

Felizmente os vândalos de extrema direita foram contidos, a maioria da população brasileira condenou a ação, as instituições democráticas resistiram e o processo de prisões e julgamentos continua em andamento contra estes terroristas e seus financiadores.

Democracia representativa é assim: ganha-se ou perde-se eleições. É preciso respeitar o resultado das urnas. Fazer oposição e/ou protestar faz parte da democracia, mas tem de ser com respeito à Democracia, à Constituição Federal, às instituições, ao Estado Democrático de Direito e ao País, que é formado por todos os brasileiros e brasileiras.

O presidente Lula venceu as eleições, tem governado em diálogo com toda a sociedade, o Brasil está de novo na lista das grandes economias mundiais, com a política de valorização o salário mínimo teve aumento real, conquistamos a lei de igualdade salarial entre mulheres e homens, o Ministério do Trabalho voltou a ter força e protagonismo, as políticas públicas voltadas à população mais vulnerável estão tendo êxito e o desemprego caiu.

São fatos. Temos novamente um rumo para o Brasil superar a histórica desigualdade social e econômica, a fome e a pobreza. E esta é uma tarefa de todos nós! Vamos à luta!

Democracia, sempre! Ditadura, nunca mais!”

Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chico
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e Região e vice-presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de SP