Desemprego continua a subir durante a pandemia da Covid-19

0
278

Pesquisa PNAD Covid-19, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta (17), aponta que 2,6 milhões de brasileiros ficaram desempregados entre a primeira semana de maio e última semana de junho. Alta bate recorde de 26%, em relação ao período anterior.

De acordo com o IBGE, a taxa de desemprego registrou 13,1%, enquanto registrava 10,5% no começo de maio. A taxa de pessoas ocupadas teve queda, resultando em 48,5% de trabalhadores que estavam exercendo alguma profissão durante a pesquisa.

Regiões – As regiões mais afetadas pela crise do coronavírus foram Sudeste, com 31%, e Nordeste, com 29% do total de desempregados. Centro-Oeste (25%), Sul (17%) e Norte (14%) vêm logo na sequência.

Leia também – Sem apoio do governo, 39% das empresas fecham na pandemia.
Quarta parcela do Auxílio Emergencial começa a ser paga dia 20.
Artigo – Ouvir mais a mulher fará bem ao Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui