Sindmotoristas garante na Justiça 100% da frota nas ruas de SP 

0
338

O Sindicato dos Motoristas de São Paulo comemora a decisão judicial que determinou o retorno, em 48 horas, ao funcionamento de 100% da frota de ônibus da Capital.

A sentença proferida quinta, 16, pelo desembargador Fernão Borba Franco, da 7ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, atende a uma ação impetrada pelo Sindmotoristas.

Segundo o magistrado, após analisar as argumentações da entidade e estudos sobre o risco de contágio pelo novo coronavírus a cobradores, motoristas e passageiros com ônibus lotados, ficou evidente que a manutenção do serviço pela SPTrans e viações com frota reduzida é “irracional” – ainda mais com a retomada das atividades econômicas.

Presidente em exercício do Sindicato, Valmir Santana da Paz (Sorriso) afirma que, com a flexibilização da quarentena e o retorno das atividades econômicas na Capital, os reflexos no transporte público foram alarmantes. “Nossos trabalhadores ficaram desesperados, conduzindo veículos superlotados em tempos que se prega para evitar aglomerações”, conta o dirigente.

Segundo Sorriso, a situação coloca a saúde dos profissionais e de toda a sociedade em risco.

online pharmacy buy amoxil no prescription pharmacy

“O  único modo de evitar essa exposição é aumentar a frota. Buscamos ser sensíveis o tempo todo. Tentamos negociar com o poder público e com as empresas, mas sem sucesso e precisamos recorrer à Justiça”, ele explica.

Para o deputado federal Valdevan Noventa, presidente da entidade licenciado, mais uma vez o Sindicato mostra a sua força e comprometimento com a categoria. “Nossas lutas foram constantes desde o início da pandemia.

online pharmacy buy nolvadex no prescription pharmacy

Garantimos o emprego, a segurança e agora o retorno integral da frota. Os trabalhadores não serão mais obrigados a atuarem com veículos superlotados, ficando inseguros e mais vulneráveis à contaminação”, diz.

Contaminação – O coronavírus infelizmente continua fazendo vítimas entre a categoria. Levantamento recente da Secretaria de Saúde do Sindmotoristas aponta que os casos de contaminação não param de crescer.

online pharmacy buy desyrel no prescription pharmacy

Ao todo são 747 casos suspeitos, 208 confirmados e 52 mortes, sendo nove delas já confirmadas e outras 43 aguardando o resultado dos exames.

Leia tambémCondutores de SP denunciam aumento de mortes por Covid-19