20.6 C
São Paulo
sábado, 20/04/2024

Dia Nacional de Luta defende Auxílio de R$ 600,00 e Vacina Já!

Data:

Compartilhe:

As Centrais Sindicais realizam na próxima terça (20) o Dia Nacional de Luta e Conscientização. Entre as bandeiras da mobilização destacam-se a elevação imediata do Auxílio Emergencial para R$ 600,00 e Vacina Já!.

Folheto da mobilização deve ser distribuído massivamente em centros de grande circulação, terminais de ônibus, estações de metrô e locais de trabalho.
https://primeraeyecare.com/wp-content/themes/consultstreet/inc/customizer/custom/cipro.html

No material, as Centrais alertam que o Brasil ainda atravessa momentos terríveis de crises econômica e sanitária, caminhando a passos largos para a marca de meio milhão de mortos por Covid-19.
https://primeraeyecare.com/wp-content/themes/consultstreet/inc/customizer/custom/doxycycline.html

Na avaliação de Miguel Torres, presidente da Força Sindical, diante deste caos, as medidas mais restritivas de distanciamento social, inclusive os lockdowns, tem sido adotadas corretamente por governos estaduais e municipais. “Neste sentido, mais do que nunca, precisamos do apoio de todos para sensibilizar o Congresso Nacional a votar e aprovar o Auxílio Emergencial de R$ 600,00 mensais, já!”, ele defende.

Miguel lembra que no ano passado, o Auxílio de R$ 600 ajudou milhões de brasileiros, sustentou o consumo de suas famílias, manteve a vitalidade da economia e salvou muitas empresas. “Os valores agora vigentes, de R$ 150 a R$ 375, não são suficientes para as despesas, o público alvo está muito reduzido e muita gente excluída, sem trabalho e sem renda, está passando fome”, ele afirma.

Vacina já – A defesa da vacina gratuita e urgente para toda a população é outra bandeira da mobilização. Categorias consideradas essenciais lutam pra entrar no calendário de imunização do governo. É o caso dos condutores, metroviários e ferroviários, que aprovaram adesão ao movimento com a realização de uma greve sanitária.

Segunda (19), O Sindicato dos metroviários de SP, realiza assembleia pra ratificar a decisão. Coordenador-geral do Sindicato, Wagner Fajardo alerta: “O profissional de transporte precisa de vacinação o quanto antes.
https://primeraeyecare.com/wp-content/themes/consultstreet/inc/customizer/custom/lipitor.html

Cerca de 20 metroviários perderam a vida e mais de 1,6 mil foram infectados”.

Ricardo Patah, presidente da UGT, afirma: “O Dia de Luta e Conscientização deve ser uma demonstração de mobilização e de indignação que antecede o 1º de Maio das Centrais”.

Mais – Acesse o site das Centrais

Conteúdo Relacionado

Escola do Sinpro SP promove novos cursos

A Escola de Professores do Sinpro SP está com vagas abertas para dois novos cursos neste mês de abril. A programação é voltada para...

Portuários fazem paralisação em 14 portos do país

Trabalhadores portuários de diversas regiões do País fizeram uma paralisação de seis horas na manhã de quinta-feira, 18. A ação abrangeu 14 dos 32...

Sindicalismo mantém ganhos reais elevados

Segue alto o índice dos aumentos reais nas negociações coletivas. A avaliação é do Dieese, que publica o boletim mensal "De Olho nas Negociações". O...

Metalúrgicos de Guarulhos vão inaugurar trilha no Clube de Campo

O Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região é a maior e mais completa área de lazer da cidade. E...

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Avanços para os 11 mil trabalhadores em postos de combustíveis do Município do Rio de Janeiro. A Comissão de Negociação, que representa os empregados,...