23.4 C
São Paulo
sábado, 15/06/2024

Engenharia pode ajudar Sul a se reerguer

Data:

Compartilhe:

Há vários anos, o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp) e a Federação Nacional da categoria defendem que Prefeituras e governos adotem de modo permanente a engenheira de manutenção.

Ante a tragédia no Rio Grande do Sul, Murilo Pinheiro, presidente do Sindicato e da Federação, reforça esse pleito. Ele diz: “Quando cai uma ponte, um viaduto sofre avaria ou comportas não funcionam a contento, como agora no Rio Grande do Sul, vai se verificar que houve falta de planejamento e manutenção”.

A engenharia, ele diz, sejam os profissionais ou as empresas, está à disposição pra ajudar no Sul. “Não só agora, como pronto-socorro, mas na reconstrução de casas, estradas e vias e no planejamento de políticas futuras”, afirma Murilo, que é Engenheiro Elétrico.

SP – Na Capital, após graves problemas em pontes e viadutos, com duro impacto na mobilidade, a Prefeitura passou a adotar a engenheira de manutenção. Mas, para que isso se efetive, explica Murilo Pinheiro, “é preciso que Prefeitura e governos criem meios, como secretarias ou órgãos técnicos ligados à manutenção”.

Para o presidente dos Engenheiros, as mudanças climáticas tendem a ser cada vez mais frequentes e intensas.  “Nisso tudo, a engenharia pode atuar, ajudando em todas as fases”, ele afirma. Em breve, o Sindicato realizará em sua sede, no Centro de SP, Seminário Técnico sobre mudanças climáticas.

MAISwww.seesp.org.br

 

 

Conteúdo Relacionado

Cesta básica sobe, mostra o Dieese

Pesquisa mensal do Dieese apura que em maio o valor do conjunto de alimentos básicos aumentou em 11 das 17 Capitais. A Pesquisa Nacional...

Sindicato de Niterói firma aditivo com avanços

Mais uma vitória para uma grande parcela de frentistas no Estado do Rio de Janeiro. Desta vez, de Araruama, Cachoeira de Macacu, Guapimirim, Iguaba...

Miguel da Força defende democracia e inclusão

Na quarta (12), Miguel Torres falou em nome do sindicalismo nacional e da classe trabalhadora na Conferência da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra,...

CUT debate os impactos dos parques eólicos para a classe trabalhadora

A CUT debateu nesta terça-feira (11) e quarta-feira (12) em Natal, no Rio Grande do Norte, os impactos dos parques eólicos nas comunidades locais,...

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA

O Sindicato dos Químicos de Rio Claro e Região, em parceria com o DIESAT e com o apoio da FEQUIMFAR, realiza entre os dias 10...