A Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios (Findect), filiada a CTB, realizou nesta terça (31) a entrega da Pauta de reivindicações da categoria para a Campanha Salarial deste ano. A data-base é 1º de agosto.

Segundo Ronaldo Leite, diretor da Findect, há ainda a entrega da Pauta da outra Federação, a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares), filiada à CUT, para aí sim iniciar a negociação com a estatal e as entidades de classe. “Eles devem aprovar sua pauta de reivindicações em 9 de junho”, informa o dirigente.

“Na última semana, os Sindicatos filiados à Findect realizaram assembleias, que aprovaram as reivindicações”, afirma Ronaldo. Dentre os itens, os trabalhadores reivindicam reajuste salarial com a correção de 100% do INPC no perído de 12 meses anterior à data-base, Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR), reajuste nos vales alimentação e refeição, dentre outros.

Federações – Há diferenças entre os documentos de cada Federação entregue aos Correios? “Embora as Pautas sejam distintas, o Acordo Coletivo de Trabalho é um só. As duas entidades costumam marcar as mesmas datas de assembleias pra decretar greve ou avaliar a proposta feita pela direção da empresa”, ressalta Ronaldo Leite. Ainda assim, prevalece a vontade dos trabalhadores. “É de autonomia de cada Sindicato a definição de assinar ou não o Acordo Coletivo”, conta.

Unidade – Para o presidente do Sindicato da categoria em São Paulo (Sintect-SP), Elias Cesário (Diviza), agora é hora de intensificar a mobilização dos trabalhadores, para ir a campo defender melhores condições de trabalho, além de seguir a luta contra a privatização dos Correios e pela reconquista de direitos subtraídos durante o governo Bolsonaro.

“A mobilização é muito importante pra uma Campanha Salarial forte, com disposição de luta para reconquistar os direitos e uma proposta salarial que contemple os anseios da categoria”, avalia Diviza.

MAIS – Sites da Findect e Sintect-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui