Homenagem ao Corecon-SP é hoje na Alesp

0
139

Nesta sexta, 11, o Corecon (Conselho Regional de Economia) do Estado São Paulo) será homenageado na Assembleia Legislativa. A cerimônia se antecipa ao 13 de agosto, Dia do Economista, e se insere nas celebrações dos 70 anos da entidade – que aniversaria em novembro. O Conselho agrega mais de 15 mil profissionais no Estado.

Presidente da entidade, Pedro Afonso Gomes, aponta caminhos e afirma: “De dois anos para cá, buscamos atualizar os economistas, pensando o Século 21, e na inserção profissional nos temas centrais do Brasil.”

Devem comparecer também vários convidados e seis economistas, que serão homenageados. “Optamos por associados há mais tempo na instituição – e na carreira – como forma de homenagear a longa atuação do Conselho,” explica Pedro Gomes.

Pedro também já presidiu o Sindicato dos Economistas do Estado. Neste caso, sua trajetória se parece com a do autor da propositura de homenagem na Alesp, Luiz Cláudio Marcolino (PT). Ela também é Economista e já presidiu o Sindicato dos Bancários de SP.

“Mês” – O aniversário de 70 anos do Corecon é 16 de novembro. Haverá cerimônia na Biblioteca Municipal Mário de Andrade, mesmo local de fundação do órgão. Até lá, ocorrem eventos abertos, no “Mês do Economista”, na sede do Conselho: 17/8 (“Conjuntura econômica”), 24 (Palestra “Economia, Educação e Meio ambiente”) e 31/8 (Painel “Horizontes da economia no Brasil: Qualidade do ensino, rumos do crescimento e a cunha racial”).

Para participar, fale com o Corecon (11 – 9 9601.4443 – zap) ou se inscreva pela plataforma da entidade. Vagas limitadas.

Brasil – Para Pedro Afonso Gomes, a situação econômica melhorou. “O diferencial foi o diálogo que voltou, entre as instituições e para fora do Brasil também. Isso gera confiança, essencial à economia”, ele comenta. Pedro Gomes resume: “Sem geração de renda, não há transformação social. O chamado mercado não é só o financeiro, em toda a economia, ele é sempre formado de pessoas”.

A função principal do Conselho é fiscalizar o exercício profissional. Mas a entidade também se preocupa com a “inserção nos temas nacionais”, como citado pelo presidente. Os associados podem participar de grupos internos sobre a conjuntura – Comissão de equidade racial, Comissão da mulher, Comissão de Políticas públicas e superação das desigualdades sociais.

Outros esforços têm sido feitos pela entidade, pensando na formação de profissionais novos. “Conseguimos, em menos de dois anos, fazer o número de cursos de graduação subir de 53 pra 59”, enfatiza o presidente do Conselho.

SERVIÇO – Sessão Solene pelos 70 anos do Corecon-SP. Assembleia Legislativa (Avenida Pedro Álvares Cabral, 201; Plenário Juscelino Kubitschek). Horário: 8 horas.

MAISCorecon-SP vê melhoria no ambiente econômico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui