26 C
São Paulo
domingo, 19/05/2024

Engenharia está confiante no PAC 3

Data:

Compartilhe:

O governo Lula anuncia por esses dias um novo PAC, terceira versão do Programa de Aceleração do Crescimento. Fala-se em investimentos da ordem de R$ 240 bilhões.

Todo o setor produtivo, o capital e o trabalho se interessam pelo PAC 3. Mas a Engenharia tem interesse especial e espera contribuir muito. Para tanto, a Agência Sindical ouviu Murilo Pinheiro, presidente do Sindicato da categoria no Estado de SP e da Federação Nacional – FNE. Ele é Engenheiro Eletricista.

Principais trechos:

Obras paradas – “Claro que esse tipo de iniciativa terá todo o apoio da Engenharia. A nosso ver, o passo inicial é retomar e concluir obras paradas”.

PAC
Obra do PAC

Cronograma – “Outra providência indispensável é organizar agenda nas obras, qualquer que seja a área. Ou seja, ter prazo pra começar e terminar”.

Prioridades – “Programa dessa envergadura precisa definir bem as prioridades. Vejo a retomada da industrialização como absolutamente prioritária, buscando-se parcerias com o setor privado. Uma das metas deve ser a oportunidade de trabalho”.

Setores – “Todo engenheiro fica feliz com obras na construção civil. Mas não basta. É fundamental contemplar a questão tecnológica, como dar condições pro Brasil produzir chips, que estão faltando nas montadoras, no setor de eletrodomésticos e outros. É preciso incentivar as empresas que queiram atuar nesse segmento.”

SUS – “Só a rede nacional do SUS já alimentaria um ramo da indústria voltado para o setor médico e de insumos. É inaceitável ter que importar seringas ou máscaras, como ocorreu na Pandemia”.

Incentivo – “O PAC 3 é necessário. Mas o governo terá que oferecer estímulos, recursos, além de buscar parcerias com o setor produtivo privado”.

Integração – “Governo, área privada, setor de pesquisas e universidades devem atuar em conjunto. O Brasil tem perdido cérebros. Muitos se formam doutores no Exterior e ficam por lá”.

Cresce – A Federação Nacional dos Engenheiros já firmou a tradição de lançar, todo ano, o Caderno temático, “Cresce, Brasil”, que mira o desenvolvimento e a soberania nacional.

Leia também – Seguir reduzindo os juros.

Acesse – www.seesp.org.br

Conteúdo Relacionado

Futebol dos Metalúrgicos volta domingo e arrecada para o Rio Grande do Sul

Ganha reforço neste domingo (19) a campanha do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região em prol das vítimas das enchentes do Sul. A...

Cartilha do MPT lista os atos antissindicais

O Ministério Público do Trabalho publicou a cartilha "Atos Antissindicais. O que fazer?". Documento idealizado pela Conalis - Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade...

Centrais farão Plenária

Quarta, 22, as Centrais Sindicais realizarão plenária em Brasília. A parte da manhã será dedicada a debater a Pauta Unitária aprovada na Conclat 2022,...

O Sul precisa de ajuda, diz líder frentista

O Sindicato dos Frentistas do Rio Grande do Sul fica no Centro de Porto Alegre, Capital. Na quarta, 15, às 11h50, a água ainda...

Sinpro Campinas completa 83 anos

quarta, dia 15, o Sinpro Campinas completou 83 anos. Integrante da Federação (Fepesp), a entidade representa o professorado da rede privada, além do Sistema...