Por meio das redes sociais, o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva informa que, entre suas prioridades, se eleito, estará a melhoria da legislação trabalhista.

A reforma feita por Michel Temer, em 2017, cortou direitos dos trabalhadores, agrediu os Sindicatos, agravou a informalidade, arrochou salários e precarizou as relações de trabalho. Os empregos prometidos – falavam em cinco milhões – nunca foram gerados.

Lula, que já pensava acerca dessa mudança, vem agora se inspirar nas medidas adotadas na Espanha, que melhoram as condições de trabalho, favorecem as contratações e dificultam as terceirizações da mão de obra.

A manifestação do ex-presidente Lula teve forte repercussão positiva nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui