Por força de Ação Coletiva movida em 2016, pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (GO), os trabalhadores da Mitsubishi começam a receber o pagamento de adicional noturno. A empresa já realizou parte do depósito, de R$ 1,5 milhão. Total chega a R$ 2,5 milhões.

O processo engloba os funcionários que cumpriam jornada das 22h30 às 7h30, no período de 31 de agosto de 2011 a 31 de agosto de 2016. Segundo o presidente do Sindicato, Carlos Albino, a conquista é histórica. “Estamos muito felizes em receber ex-trabalhadores e colaboradores da ativa, que tinham direito aos valores faltantes. Demorou, mas podemos comemorar mais essa vitória”, afirma.

São beneficiados primeiro 269 funcionários e ex-funcionários. Cerca de 80 beneficiários ainda não assinaram a documentação necessária da Ação ou não foram localizados pelo Sindicato. Há também casos que serão analisados, pois a Mitsubishi alegou falhas. “Faremos tudo pra encontrar esses companheiros. Nosso Jurídico também fará análise das contestações da empresa, a fim de que todos recebam o devidos”, diz Carlos Albino.

Reunião – Segundo o dirigente, haverá reunião hoje (2), pra verificar os casos contestados e também localizar os trabalhadores que ainda precisam entregar a documentação a fim de receber seus valores. “A Mitsubishi disse que alguns não têm direito, contesta valores e datas. Não vamos deixar ninguém na mão. Vamos lutar por todos e divulgar em nosso Facebook a lista dos que ainda não assinaram a documentação”, garante o presidente.

MAIS – Acesse a página dos Metalúrgicos de Catalão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui