19 C
São Paulo
quinta-feira, 13/06/2024

Metrô de SP pode parar nesta quarta (15)

Data:

Compartilhe:

Os metroviários de São Paulo estão em estado de greve. Nesta terça (14), a categoria participa de assembleia para decidir a deflagração ou não de greve na quarta, dia 15, após audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

O movimento é motivado pelo não pagamento do Abono de R$ 7.500,00 referente à duas Participações nos Resultados (PRs) atrasadas, 2021 e 2022. O pagamento da PR de 2023 ainda não foi negociado.

Eles também reivindicam a realização de concurso público para suprir o déficit no quadro de funcionários.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo informa em nota que, em negociação no dia 28 de fevereiro, o Metrô disse à categoria que tem dinheiro reservado para o Abono, mas que precisa de autorização do Estado para pagar.

Segundo Camila Ribeiro Duarte Lisboa, presidente do Sindicato, além de não apresentar proposta concreta, o Metrô ainda ameaçou a categoria afirmando que só negociará com o Sindicato caso não ocorra uma greve. Ela diz: “Não aceitaremos pressão, nem ameaças de punição.

O Ministério Público e o TRT já se posicionaram favoravelmente à organização sindical. Temos esse direito”.

As negociações envolvem os trabalhadores das linhas de operação estatal: 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha de metrô e o monotrilho da linha 15-Prata.

Mais – Acesse o site do Sindicato dos Metroviários de SP.

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...