Pandemia agrava problemas de assédio moral no trabalho

0
1050

A médica do trabalho Margarida Barreto fez importante alerta durante o 41º Ciclo de Debates do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região. Segundo ela, no período de pandemia, o assédio moral tem ocorrido além dos locais de trabalho e chegou à casa dos trabalhadores.

Assim como parte dos trabalhos foi para o ambiente virtual, o assédio moral também fez a mesma transição, aponta a médica. Ela diz: “Neste momento de pandemia, talvez seja o momento que eu tenho escutado mais denúncias de pacientes. São histórias de humilhações no home office”.

Lei – Diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, Nildo Queiroz explica que essa prática é crime desde 2001. “É importante que, você que sofre assédio moral no trabalho, entre em contato com a entidade sindical para que possam ser acionados os órgãos competentes, a fim de investigar as denúncias”, afirma Nildo.

Vídeo – O Sindmetal Osasco divulgou nas redes um vídeo, que foi exibido na abertura do 41º Ciclo de Debates, que mostra a violência praticada na relação de trabalho, por meio do assédio moral. Intitulado “Basta!”, o conteúdo pode ser assistido aqui.

Leia também – O que Vargas Netto diz aos Sindicatos ante ameaças
Brasil perde 1,5 milhão de vagas em uma semana, apura IBGE
Diap lista vitórias e derrotas na agenda trabalhista com Bolsonaro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui