Sindicalista denuncia falta de crédito a pequenas empresas

0
354
Vacinas brasileiras
Miguel Torres é presidente da Força Sindical, da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes

O governo federal anunciou liberação de R$ 40 bilhões em crédito às micro e pequenas empresas. Porém, até a semana passada, apenas 5% desse montante havia chegado às pequenas.

Miguel Torres, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e da Força Sindical, confirma esse quadro à Agência Sindical. “O dinheiro não chega. Os bancos fazem exigências descabidas ao pequeno empresário que tenta obter empréstimo. O governo precisa mudar as regras, com urgência”, ele comenta. Os bancos, ele lembra, foram contemplados com R$ 1,2 trilhão devido a alteração feita pelo governo no teto dos depósitos compulsórios.

Além da penúria das pequenas, o dirigente aponta outro problema, as demissões. “No sufoco, a empresa vai cortar ainda mais. E nosso temor, além dos cortes, é que o trabalhador fique sem receber o que tem direito”, alerta Miguel.

Para o sindicalista, da mesma forma que o governo Bolsonaro dificulta a chegada do Auxílio Emergencial de R$ 600,00 a todos os que têm direito, ele também faz corpo mole pra liberar crédito aos pequenos empreendimentos.

Mais – www.fsindical.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui