18.7 C
São Paulo
sexta-feira, 24/05/2024

Químicos garantem reajuste com 100% do INPC

Data:

Compartilhe:

Químicos – A Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas no Estado de São Paulo (Fequimfar) – entidade filiada à Força Sindical, CNTQ e IndustriALL – e Sindicatos filiados conquistaram reajuste de 100% do INPC/IBGE, além da manutenção das Cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho, para os trabalhadores do setor industrial químico, plástico e petroquímico. A variação integral do INPC ficou em 6,46%.

Dois anos – A Convenção Coletiva de Trabalho foi assegurada no ano passado, em acordo inédito, garantindo conquistas e reajustes por dois anos (2021 e 2022).

Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da Fequimfar e vice-presidente da Força Sindical, afirma: “A unidade dos trabalhadores garantiu o poder de compra com reposição integral da inflação, assegurando salários dignos, e mantendo as demais conquistas da Convenção Coletiva de Trabalho.

A Fequimfar e Sindicatos filiados representam cerca de 130 mil trabalhadores do setor industrial químico no Estado de São Paulo, distribuídos nos segmentos químicos, plástico, petroquímicos, abrasivos, fertilizantes, cosméticos, tintas e vernizes, entre outros, com data-base em 1º de novembro.

Confira os destaques do acordo salarial • Vigência: 2022 a 2023

→ Reajuste dos Químicos – 6,46% (100% do INPC em todas as faixas salariais), mantendo o poder de compra dos salários dos trabalhadores

→ Piso Salarial
Empresas com até 49 empregados: R$ 1.977,36 (Reajuste de 6,46%)
Empresas com mais de 49 empregados: R$ 2.028,32 (Reajuste de 6,46%)

→ PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados)
Empresas com até 49 trabalhadores
PLR no valor de R$ 1.149,77
Empresas com mais de 49 trabalhadores
PLR no valor de R$ 1.277,52

→ Teto: R$ 9.581,40
Parcela fixa aplicada acima do teto: R$ 618,96

* Variação integral do INPC (novembro/21-outubro/22): 6,46%

Além disso, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) garante:

→ Manutenção de todas as demais cláusulas da CCT de 2022/2023
Tais como:
→ Hora extra (semana) de 70%
→ Hora extra (domingo e feriados) 110%
→ Adicional noturno de 40%
→ Auxílio creche para todas as funcionárias (com reembolso de até 50% do salário normativo)
→ Manutenção dos Grupos de Trabalho, incorporando cláusulas à CCT que já são consenso entre as bancadas patronal e profissional.

Mais – fequimfar.org.br

Conteúdo Relacionado

Diap divulga prioridades para 2024

O Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) divulgou na quarta, 22, estudo que aponta as principais prioridades da classe trabalhadora brasileira para 2024.Intitulado "Pauta...

Abril tem ganho real em 77% das negociações

Os reajustes salariais em abril tiveram ganho real em 77% dos casos, segundo dados do boletim do Dieese que avalia as negociações coletivas no...

Engenharia pode ajudar Sul a se reerguer

Há vários anos, o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp) e a Federação Nacional da categoria defendem que Prefeituras e governos...

Caem os aumentos reais

Caiu em relação aos meses anteriores o índice de aumentos reais nas negociações coletivas. Os dados constam do mais recente boletim do Dieese -“De...

Plenária une ação de massa e diálogo político

Um sindicalista metalúrgico presente à Plenária Unitária das Centrais nesta quarta (22), em Brasília, avaliou como “muito positivas as ações de massa e também...