19.1 C
São Paulo
segunda-feira, 24/06/2024

Sindicatos de TO conquistam aumento de 11% para frentistas

Data:

Compartilhe:

Os Sindicatos dos Frentistas de Tocantins (Sintraposto Araguaína e o Sintraposto Palmas) seguem assinando acordos individuais com dezenas de empresas do Estado. A iniciativa foi adotada diante da negativa patronal de negociar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos frentistas e demais trabalhadores em postos de combustíveis de Tocantins.

“Nosso objetivo é quebrar o bloqueio do Sindicato patronal. Empregador consciente valoriza mão-de-obra dos seus empregados aumentando seu poder de compra”, afirma Neurivan Coelho de Oliveira, presidente do Sintraposto Araguaína.

O Sindicato representa cerca de 3 mil trabalhadores na região. A data-base é 1º de março. “Aprovamos nossa pauta de reivindicações em novembro do ano passado e enviamos ao patronal. No entanto, o Sindicato se negou a negociar, demonstrando total desinteresse”, informa Neurivam.

Reivindicações – Os acordos incluem reposição salarial pelo índice INPC (5,64%), mais 5% de aumento real; mesmo índice também aplicado à cesta básica. Além de manter os direitos já conquistados, o acordo inclui ainda a autorização para trabalho aos domingos e feriados, com pagamento em dobro das horas trabalhadas.

Avanço – Outro avanço negociado pelo Sindicato é a qualificação profissional dos frentistas, que deve ser oferecida obrigatoriamente pela empresa. “Mesmo com a negativa patronal, o empregador que tem consciência da importância da valorização do trabalhador como parte fundamental da empresa tem fechado acordo coletivo”, explica Neurivan.

Mulheres – O dirigente destaca ainda a conquista do pagamento da cesta básica ou vale alimentação para trabalhadoras em licença gestante. Além do seguro de vida para a categoria.

Segundo Neurivan, o Sindicato alerta acerca das irregularidades cometidas pelos empregados, inclusive ao final do contrato de trabalho do funcionário. Ele explica que as empresas são notificadas e caso não entrem em acordo, a situação é encaminhada à Justiça do Trabalho.

Orientação – “Se você está sendo desrespeitado em seus direitos procure nosso Sindicato, pois teremos o maior prazer de esclarecer. E junto com você e nossa Assessoria Jurídica, defender seus direitos e de seus colegas de trabalho. Essa luta é necessária para combater qualquer tipo de injustiça que ocorre no dia a dia de nossa categoria”, aconselha o dirigente.

Acordo – Clique aqui e acesse o documento assinado.

MAIS – Acesse a página do Sintraposto Araguaia ou Sintraposto Palmas

Conteúdo Relacionado

Avançam as negociações pró-custeio sindical

Centrais, Confederações e outras entidades, com apoio das assessorias, articulam em Brasília um modelo estável de custeio sindical.Para André Santos, originário do Diap e...

Sindicato dos Metalúrgicos negocia e mais 400 recebem PLR

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região conduziu, entre segunda (17) e terça, dia 18, mais duas assembleias de Participação nos Lucros e/ou...

Greve na Renault conquista R$ 25 mil de PLR

A forte greve na Renault/Horse, em São José dos Pinhais, PR, terminou com avanços. Após o fim da movimento, de um mês, a empresa decidiu...

Comerciários aumentam serviço médico

O Sindicato dos Comerciários de Guarulhos aumentou as parcerias médicas. Agora, além de tratamento odontológico, sócios e dependentes dispõem de consulta gratuita com cardiologista...

Centrais e Lula clamam pela queda dos juros

As Centrais Sindicais protestaram na terça (18) em frente ao Banco Central, em SP, reivindicando a continuidade da queda nas taxas de juros -...