O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública de Guarulhos (Stap) realizou pagamento no valor total de R$ 54.273,14. Esse dinheiro é referente a multa paga pela Prefeitura a Servidores que moveram ação em razão de atraso no abono de férias, na pecúnia e no Pmaq (Programa Nacional de Melhoria ao Acesso e da Qualidade da Atenção Básica).

Os atrasos ocorreram em 2016, na gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida. O Stap ajuizou duas ações: uma para cobrar multa e outra para receber o devido no Pmaq. Neste caso, são abrangidos os Servidores do Programa Saúde da Família.

O montante pago a 29 trabalhadores nesta semana equivale a uma média de R$ 1.871,49 por beneficiado. Segundo a diretora responsável pelo Departamento Jurídico da entidade, Renata Grota, esse dinheiro poderá auxiliar em meio à recessão econômica. “As pessoas estão no aperto. Fico feliz em ver a ação sindical ajudar os companheiros”, afirma.

Grátis – O advogado do Sindicato, dr. Marcelo de Campos Mendes pereira, que subscreve as ações, afirma: “O Sindicato nada cobra do associado. O valor liberado pela Justiça cai integralmente na conta da pessoa”.

Marca – O presidente do Stap, Pedro Zanotti Filho, enfatiza que a boa assistência jurídica é marca da entidade. “Há outras ações em andamento.

Esperamos poder dar boas notícias a mais Servidores”, diz. E completa: “Confie no seu Sindicato.

Seja ativista e luta pelas causas justas”.

MAIS – Acesse o site do Stap-Guarulhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui