Você precisa saber! – Luiz Carlos Motta

0
135

Pelas regras da democracia, o povo escolhe livremente os seus representantes durante as eleições e o eleito passa a ter um mandato que não é dele, mas concedido pelo eleitor. Assim, o eleito deve estar a serviço de quem o elegeu. Passa a ser um funcionário a serviço do povo.

Desde a minha primeira eleição para Deputado Federal em 2018 e, agora, na reeleição em 2022, a minha dedicação à causa pública tem sido em tempo integral, atendendo as demandas das principais cidades do Estado de São Paulo e dos seus habitantes.

Minha assiduidade nas sessões plenárias na Câmara foi comprovada pelo site Congresso em Foco, que fiscaliza a atuação parlamentar. Segundo levantamento deste site, especializado em política, estou no seleto grupo de 40 deputados mais assíduos entre os 513 colegas daquela Casa de Leis.

R$ 157,5

Para facilitar a vida de quem acompanha o meu trabalho parlamentar, apresento a prestação de contas do meu primeiro mandato. O relatório foi preparado de uma forma que facilita a consulta ao eleitor: com as realizações ano por ano e divididos por áreas específicas. Desde o início, meu objetivo foi o de lutar pelo fortalecimento dos municípios paulistas, pela geração de empregos e pelo incentivo às micro e pequenas empresas. De 2019 a 2022, destinei cerca de R$ 157,5 milhões para centenas de municípios. Priorizei neste montante as demandas nas áreas da saúde, educação, infraestrutura, agricultura, esportes, cultura e assistência social.

Democrático

Como primeiro comerciário paulista eleito para o cargo, reafirmei meu compromisso de continuar na defesa dos interesses da classe trabalhadora e contra ameaças aos direitos sociais e trabalhistas. Essas ameaças não param e precisam de uma resposta firme para evitar que se transformem em perda de direitos dos trabalhadores. Neste ano, iniciei meu segundo mandato com uma responsabilidade ainda maior, respaldado pelos votos de mais de 104.701 mil eleitores, em 623 dos 645 municípios paulistas. Tenho a certeza que, juntos, faremos um novo mandato realizador e democrático, com a participação efetiva do povo paulista.

Desafios

Os desafios que enfrentaremos nos próximos anos serão muitos e variados. Em especial, tenho a preocupação de continuar defendendo os direitos dos aposentados, dos trabalhadores, das mulheres, dos jovens e dos micro e pequenos empreendedores. Esses grupos são fundamentais para o desenvolvimento econômico e social do Brasil e precisam de políticas específicas que atendam às suas demandas e necessidades. Por isso, farei o possível para continuar lutando por medidas que fortaleçam esses segmentos da sociedade e garantam o seu bem-estar. É importante lembrar que, em um contexto de incertezas econômicas e sociais, esses grupos são os mais vulneráveis e precisam de uma atenção especial. Portanto, estou comprometido em continuar trabalhando para garantir que eles sejam incluídos e valorizados no processo democrático e no planejamento das políticas públicas.

Participação

No relatório apresento, também, um resumo da minha atuação nas Comissões do Congresso Nacional, como a 3ª vice-presidência da Comissão de Trabalho, bem como os projetos apresentados, os recursos destinados e as premiações recebidas durante este período. Espero que essas informações possam ajudar a ilustrar o trabalho realizado e as metas alcançadas até aqui. Ao concluir, convido você leitor, você leitora para continuar enviando as suas críticas, sugestões e demandas por meio das minhas redes sociais (@DeputadoMotta). Assim, você começa a me ajudar a expandir e tornar mais eficaz a minha próxima prestação de contas em 2026. Agradeço.

Luiz Carlos Motta é presidente da Fecomerciários e da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC). É Deputado Federal (PL/SP)