A luta em defesa dos postos de trabalho dos frentistas ganha força. Cerca de 500 mil empregos correm risco devido a emendas parlamentares, especialmente por iniciativa do deputado federal Kim Kataguri (DEM-SP), que visa liberar o selfie-service, o chamado autosserviço.

Na terça, lideranças da categoria visitaram a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, onde tramita projeto de lei.

online pharmacy buy xenical no prescription pharmacy

Falaram com o deputado Otto Alencar Filho (PSD/BA), que preside a Comissão, e outros de seus integrantes.

Eusébio Pinto Neto, presidente da Federação Nacional dos Frentistas (Fenepospetro), e Luiz Arraes, Federação Estadual SP, acompanharam os debates. A votação do PL de Vinícius Poit (Novo-SP) ficou para o dia 17. Arraes avalia: “O presidente Otto foi receptivo. Diz que não é cabível aprovar matérias que desempreguem e desorganizem setores da economia”.

Portela – Lideranças também se reuniram, online, com o mineiro Lincoln Portela, do PL. O parlamentar afirmou ser “contra as emendas de Kim e pregou união de esforços por emprego”, conta Arraes.

online pharmacy buy azithromycin no prescription pharmacy

Segundo o dirigente, Portela pedirá à bancada de seu partido se engajar na luta.

Participaram do encontro com Portela também os dirigentes Wellington Bezerra, do Espírito Santo, Possidônio V.

online pharmacy buy desyrel no prescription pharmacy

de Oliveira, de BH, e o assessor parlamentar André dos Santos. Formado no Diap e com larga experiência, André alerta: “Nossa atenção é permanente. Um projeto pode ser pautado de uma hora pra outra, sem aviso”.

Partidos – A articulação no Congresso angaria apoios diversos. Entre os quais Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, Isnaldo Bulhões (líder do MDB) e o próprio presidente da Câmara, Arthur Lira, que critica emendas estranhas aos textos originais de MPs ou Projetos.

Trabalho – Os Sindicatos se articulam em suas regiões, incluindo a formação de frentes em defesa do emprego nas Câmaras Municipais.

MAIS – Sites da Fenepospetro e Fepospetro-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui