Em reunião virtual realizada nesta quinta, 11, a diretoria executiva nacional da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) decidiu quem será o novo presidente da entidade. O escolhido foi José Reginaldo Inácio, cientista social, eletricitário e sindicalista.

José Reginaldo foi confirmado, por unanimidade, para substituir o ex-presidente José Calixto Ramos, falecido dia 3 de fevereiro. O novo representante da Central aproveitou a reunião para destacar a importância de Calixto para o movimento sindical brasileiro.

Trajetória – O presidente da NCST é também o Secretário de Educação da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI). Além disso, exerce a função de diretor de Ensino e Pesquisa do Observatório Sindical Brasil Clodesmidt Riani. Iniciou na luta sindical pelos Eletricitários do Sul de Minas e na Federação das Indústrias Urbanas de Minas Gerais.

Luta – José Reginaldo destaca que o sindicalismo tem muito trabalho pela frente, inclusive a pauta unitária decidida em comum acordo pelas Centrais Sindicais. “De imediato, vamos fortalecer a luta pelo Auxílio Emergencial, vacinação imediata pra todos e as demais pautas unificadas no Fórum das Centrais Sindicais”, destacou.

Atuação – O novo presidente da Central afirma ainda que o sindicalismo deve permanecer unido na defesa dos direitos dos trabalhadores. “No momento atual, de graves e profundos ataques às classes trabalhadoras, precisamos nos manter atuantes pela preservação do sistema sindical confederativo e a unicidade sindical, bandeiras pelas quais José Calixto dedicou a sua vida”, afirmou.

Mais – Acesse o site da NCST.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui