Domingo (5), ocorreu na Avenida Paulista o encerramento da exposição “Os 200 anos da Independência e nós, trabalhadores”, promovida pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Sindicato dos Comerciários de SP. O muralista Eduardo Kobra, que assinou os 30 painéis que ficaram expostos ao longo da avenida, marcou presença no desfecho da mostra.

Durante o encerramento, Kobra explicou todas as obras expostas no canteiro central da Paulista. O artista teve acompanhia de 170 crianças da comunidade de Brasilândia e 50 pessoas atendidas pelo Instituto Olga Kos.

Segundo José Gonzaga da Cruz, vice-presidente do Sindicato dos Comerciários, por conta de suas origens, o artista é uma fonte para todas as crianças que estiveram presentes no desfecho da exposição, até porque muitas nunca visitaram a Avenida Paulista.

“Este homem, que saiu da periferia, construiu sua carreira e se transformou num dos maiores artistas desse País, é inspiração para muita gente. E que seja também para essas crianças que estão hoje aqui”, afirmou Gonzaga.

Acreditar – Durante o trajeto, Eduardo Kobra, que também é da periferia da Capital paulista, falou para as crianças sobre as dificuldades enfrentadas por ele até ser reconhecido pelo seu trabalho. O artista também ressaltou a importância de se manter longe de más companhias, focar nos estudos e nunca deixar de acreditar nos seus sonhos.

MAIS – Sites dos Comerciários-SP e UGT.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui