A explosão em um tanque de solvente matou um trabalhador e deixou outro ferido, com queimaduras, na Megaquimica Embalagens Produtos Químicos, em Mauá (SP).

Segundo diretores do Sindicato dos Químicos do ABC, que estiveram na empresa após a explosão, os trabalhadores faziam a manutenção do tanque no momento do acidente. Eles denunciam que a Megaquimica não declarou trabalhar com solventes inflamáveis.

“O acidente aconteceu por falta absoluta de segurança da empresa”, disse Joel Santana, diretor do Sindicato que coordena a área do Polo Petroquímio de Mauá. Ele completou: “Pior, a empresa legalmente trabalha em recuperação de materiais plásticos e não declarou que lida com solventes inflamáveis”.

Fiscalização – O Sindicato dos Químicos do ABC divulgou que solicitará ao Ministério do Trabalho e Ministério Público que realizem fiscalização rigorosa na empresa. Joel lamentou mais uma morte de trabalhador: “É um absurdo a perda de mais uma vida. Nos últimos 10 anos, mais de 25 mil trabalhadores perderam a vida por acidentes no Brasil”.

MAIS – Acesse o site dos Químicos do ABC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui