O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do ABC, região metropolitana de São Paulo, comunica aos profissionais do setor que, em caso de contaminação por Covid-19, deve ser aberta a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).

No ofício, divulgado no site do Sindsaúde, a entidade lembra que nem todas as empresas se dispõem a realizar o procedimento. “Caso o empregador se recuse, os trabalhadores devem procurar o Sindicato”, informa.

A secretária de Saúde do Trabalhador, Adriana Cavalcante, explica que o profissional precisa estar presente no momento de abertura da Comunicação. Ele deve ligar na sede do Sindsaúde para fazer o agendamento. Ela diz: “Uma vez agendado, entrarei em contato para abrirmos a CAT”.

Emissão – A CAT é um documento para reconhecer um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional. Deve ser emitido pela empresa, ou então pelo sindicato, médico, familiar, dependente do segurado ou por uma autoridade pública.

Rodrigo Martins, técnico em segurança do trabalho do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região, diz que é comum o trabalhador procurar o Sindicato após ter a CAT negada pela empresa. “Oferecemos o direito à segunda opinião. Se nosso médico do trabalho discorda do empregador, aí sim nós abrimos a CAT e enviamos para a empresa”, explica.

MAIS – Acesse os sites do Sindsaúde-ABC e Metalúrgicos de Guarulhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui