Um passo de cada vez – Josinaldo José de Barros

0
143

A anatomia humana impõe um passo de cada vez. E a sabedoria popular manda dar o passo do tamanho da perna.

Nos seis anos de governo de extrema direita, a classe trabalhadora quase não andou. Ou marcou passo, ou andou pra trás, ou andou em círculos.

A eleição presidencial de 2022 com a mudança nos rumos da economia nos permitem andar de novo, e para a frente. Mas a experiência pede prudência, dando um passo de cada vez.

Quarta-feira, a categoria metalúrgica deu um passo adiante. Aprovando o primeiro acordo salarial da campanha 2023. Aumento real de salário. Abono de 13,5%. Garantindo os direitos da Convenção Coletiva.

Mas queremos seguir adiante. Por isso, os Sindicatos e nossa Federação negociam com outros grupos patronais, pelo menos nas mesmas condições desse primeiro acordo coletivo.

Campanha é o momento máximo da categoria. Mas a ação nas fábricas e as lutas locais seguem. O Sindicato segue buscando acordos de Participação (PLR) pra mais companheiros. Também queremos eleger Cipas em mais empresas. Cipa atuante previne acidentes e salva vidas.

Quando o Sindicato conquista numa empresa é firmado acordo coletivo entre as partes. Nos acordos, temos procurado garantir a eleição de delegado sindical. O delegado fortalece a presença sindical nos locais de trabalho.

GM – O sindicalismo é solidário. Por isso, apoiamos desde o começo a greve em defesa do emprego. A GM demitiu ilegalmente 1.245 trabalhadores. Teve greve e recurso à Justiça do Trabalho. Moral da história: a Justiça mandou recontratar todos.

O dono de uma propriedade, urbana ou rural, tem responsabilidades civis, trabalhistas, ambientais e sociais. Está em nossa Constituição, Capítulo da Ordem Econômica e Social, Artigo 170, Inciso III: “Função social da propriedade”. Ao descumprir princípios e normas legais, a GM caiu do cavalo.

Novembro – Chamo atenção pra duas marcas importantes deste mês. A primeira é o Novembro Azul, dedicado à conscientização sobre o câncer de próstata e ao estímulo por exames preventivos. Novembro marca também a consciência negra: dia 20 é feriado a fim de fortalecer o resgate das injustiças contra o povo trazido da África pra ser escravizado aqui durante mais de 350 anos. Sim, mais de três séculos!

Nas fábricas da base, no apoio a outros companheiros, nas campanhas de saúde e nas ações contra a discriminação racial, nosso Sindicato sempre esteve e estará presente. Não acertamos sempre, não vencemos sempre. Mas nunca deixamos de buscar o bem coletivo.

Paz – Escrevo este artigo no dia 7. Vejo com tristeza que segue o conflito selvagem entre o Estado de Israel e os palestinos. É preciso que uma das partes dê o primeiro passo em direção à paz. A vida humana não pode ficar à mercê dos senhores da guerra.

Josinaldo José de Barros (Cabeça)
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região.
Diretoria Metalúrgicos em Ação

Email – josinaldo@metalurgico.org.br
Site – www.metalurgico.org.br
Facebook: /cabecametalurgico
Clique aqui e leia mais opiniões