18.4 C
São Paulo
quinta-feira, 13/06/2024

Hospitais se negam a pagar e ameaçam demitir milhares

Data:

Compartilhe:

Desde que a nova Lei do piso salarial nacional para a enfermagem foi aprovada no Congresso e sancionada pela presidência, hospitais privados se negam a pagar e começaram a ameaçar entidades e trabalhadores com fechamento de leitos, diminuição de atendimento e demissão em massa.

A lei LEI Nº 14.434 publicada em 5 de agosto define que os novos valores devem ser pagos a partir de 5 de setembro na rede privada, porém empresas hospitalares começaram a utilizar diversas manobras para não cumprir com suas obrigações, a mais conhecida, é a velha alegação de  não ter como arcar com as obrigações trabalhistas.

Hospitais se negam a pagar e ameaçam

Outra tática bem conhecida é a politica do medo, nesse caso, os hospitais privados ameaçam com o fechamento de 20 mil leitos, e demissão em massa que pode atingir até 83 mil trabalhadores, números baseados em pesquisa divulgada no dia 24/8 pela Confederação das Santas Casas que teria consultado 2.511 unidades médicas, incluindo hospitais privados, filantrópicos, Santas Casas, clínicas especializadas e serviços de diagnósticos.

Sindicatos reagem

Em nota, diversas entidades sindicais se manifestaram contra o posicionamento dos hospitais privados.

“Já passou da hora de valorizar não somente a enfermagem, mas todos os profissionais da saúde que mostraram sua garra durante a pandemia e sempre estiveram na linha de frente da saúde da população”, diz em nota o Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul”.

Outras entidades como os sindicatos dos enfermeiros de Pernambuco, Maceió e São Paulo, além da Conselho Nacional de Enfermagem (Cofen) e do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-Sp) se manifestaram repudiando a atitude dos hospitais.

“O PL que resultou na Lei do piso salarial da enfermagem vem sendo discutido desde 2020 e os valores já eram conhecidos, não podendo ser tratados com surpresa.
https://www.health-advantage.net/wp-content/themes/mts_schema/lang/pot/symbicort.html

Inclusive, projeto da mesma natureza já tramitava há mais de duas décadas no Congresso. Portanto, houve tempo para definição de fontes de financiamento, da mesma forma, para discutir uma saída para situação das Santas Casas e Prefeituras cujas dificuldades financeiras são antigas e recorrentes, independentemente do piso da enfermagem”, afirmou em nota o Coren-SP.
https://www.health-advantage.net/wp-content/themes/mts_schema/lang/pot/wellbutrin.html

Valor dos reajustes

Com a atualização salarial, enfermeiros e enfermeiras passam a receber R$ 4.750, técnicos e técnicas de enfermagem R$ 3.325, auxiliares de enfermagem e parteiras a partir de R$ 2.
https://www.health-advantage.net/wp-content/themes/mts_schema/lang/pot/diflucan.html

375.

No caso do funcionalismo, de acordo com a lei, o novo piso salarial nacional para enfermagem começará a ser pago em janeiro de 2023.

LEIA TAMBÉM:

SALÁRIOS AINDA PERDEM PARA INFLAÇÃO, MOSTRA DIEESE

FERNANDO HADDAD OUVE SINDICALISTAS EM SP

HOUVE AVANÇOS REAIS NOS GOVERNOS LULA E DILMA

SINDICALISTAS AVALIAM BOLSONARO NO JORNAL NACIONAL

Conteúdo Relacionado

Bancários querem aumento real de 5%

Avança a campanha salarial do ramo financeiro ligado à Contraf-CUT. Um ponto alto foi a 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, encerrada...

“É o meu maior prêmio”, afirma Ricardo Kotscho

Sexta, 7, no Dia da Liberdade de Imprensa, o jornalista Ricardo Kotscho recebeu o troféu Audálio Dantas, na Câmara Municipal de São Paulo. A...

Sinpro realiza encontro das Católicas

Aconteceu entre 7 e 8 de junho o Encontro Nacional de Professores e Estudantes das Universidades Católicas. Evento foi organizado pelo Sinpro Campinas, em...

Adriana Marcolino assume a direção-técnica

Fundado em 1955, o Dieese vive uma situação inédita, com duas mulheres no comando principal da entidade. Na presidência, a sindicalista Maria Aparecida Faria,...

Comerciários entregam jornal na base

Edson Carvalho, presidente do Sincomerciários de Guarulhos, esteve na loja de materiais de construção A&M, em Santa Isabel, SP. O assessor de base Adailton...